Governo do Distrito Federal
30/06/22 às 15h07 - Atualizado em 30/06/22 às 15h07

Seagri-DF realiza curso sobre produção comercial de tilápia

 

Na semana de 27 de junho a 1 de julho, a Secretaria da Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF) realiza mais um curso com foco no desenvolvimento da piscicultura no DF. Após dois anos de programação on-line, a Granja Modelo do Ipê, da Seagri-DF, volta a receber presencialmente os alunos.

 

A capacitação aborda de forma teórica e prática os diversos manejos para a produção comercial e sustentável da Tilápia do Nilo, visando a profissionalização da cadeia produtiva da piscicultura no DF. “O curso já está no formato do Programa Alevinar. Antes, só a Seagri fazia as palestras e agora convidamos outras instituições para participar. Temos participação da Emater, Senar, Mapa, Embrapa e Defesa Agropecuária da Seagri. É um curso completo, e agora em um novo formato”, afirmou Claudia Gomes, diretora de Políticas de Desenvolvimento Rural da Seagri-DF.

 

Foto: Seagri-DF

 

Segundo o gerente de Tecnologia Agropecuária da Seagri-DF, Ângelo Costa, o retorno ao modelo presencial e a qualidade dos palestrantes são os destaques.  “Para nós é uma grande satisfação voltar a ter esse contato direto com o produtor rural e poder interagir de forma presencial. Estamos trazendo especialistas da área de aquicultura e parceiros que estão participando do Programa Alevinar. A ideia é que esse curso, em breve, seja fixo e ocorra mensalmente”, afirma.

 

Mesmo quem não é produtor rural aproveita para aprender. “Sou servidor público, mas acho essa iniciativa da Seagri louvável”, afirmou Sérgio Xavier, que participa do curso pela primeira vez. “Meu objetivo é adquirir mais conhecimentos, para eventualmente investir nessa área. O curso é surpreendente, não esperava tanto. Estou muito satisfeito, principalmente pelo alto nível dos professores”, completa.

 

O coordenador geral da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Bruno Queiroz, palestrante no evento sobre sistemas de produção intensivo e economia de recursos hídricos, destaca a tendência de se avançar com sistemas mais sustentáveis. “O Brasil inteiro caminha nesse rumo”, ressalta.

 

Bruno Queiroz em sua palestra. Foto: Ascom Seagri-DF

 

Cássio Eduardo, que já havia feito curso na Granja do Ipê há 10 anos e participa novamente, entende que a tecnologia é a principal mudança nesse período. “Hoje a gente consegue diminuir muito o tempo de engorda do peixe, com custo menor, e com isso ter uma produção muito maior. Vejo vários produtores que estavam tendo dificuldade por essa questão de não ter onde conseguir uma formação de qualidade. Os profissionais aqui são muito bem preparados, e isso vai melhorar tanto a produção a nível comercial, quanto a renda familiar.”

 

O encontro está sendo promovido pela Seagri-DF em parceria com Senar-DF, Emater-DF, Embrapa e Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura. “Esse curso foi o piloto no retorno ao presencial, com um modelo de cinco dias. Ao final, faremos uma avaliação com os próprios alunos e servidores para definir a data e formato dos próximos, que provavelmente serão mensais a partir de agosto”, reforça Ângelo Costa.

 

Foto: Seagri-DF

 

O gerente de Tecnologia Agropecuária da Seagri-DF prevê a realização de outros encontros ainda este ano, inclusive em formatos diferentes. “Durante a pandemia tivemos vários aprendizados, e vimos que um dos próximos passos é a formatação de um curso on-line. Mas não vamos deixar de ter os cursos presenciais, porque a interação é bem diferente”.

 

Informações e agendamento de cursos: (61) 3380-3112

 

Informação sobre comercialização de alevinos: (61) 3380-3112