Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/03/20 às 17h11 - Atualizado em 16/03/20 às 9h44

Retirada da vacina contra Aftosa é discutida em dia de campo

COMPARTILHAR

 

 

Nesta sexta-feira (13), a gerente de Saúde Animal da Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF), Daniella Dianese, esteve presente na abertura do III Dia de Campo sobre Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta na pecuária leiteira, promovido pela Embrapa, no Centro de Tecnologias para Raças Zebuínas Leiteiras (CTZL).

 

A gerente de Saúde Animal da Seagri falou sobre o plano de retirada da vacinação contra febre aftosa no Distrito Federal, previsto no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA). Ela explicou que o Brasil é considerado um país livre de febre aftosa, mas ainda com vacinação. Destacou que a retirada da vacinação eleva o status sanitário do país, contribuindo significativamente para a abertura de mercados à exportação de produtos agropecuários.

 

Daniella alertou que, no processo de retirada da vacina, produtores e Governo devem unir esforços para o cumprimento das ações previstas no plano estratégico. Ressaltou que, no caso dos produtores, é muito importante continuar vacinando enquanto tiver as campanhas, além de manter o cadastro da exploração pecuária atualizado na Defesa Agropecuária/Seagri, transportar sempre os animais com a Guia de Trânsito Animal (GTA), e ficar bem atento com a saúde dos animais, comunicando ao Serviço de Defesa Agropecuária qualquer alteração na saúde do animal compatível com febre aftosa.

 

Consulte aqui os telefones e endereços das unidades da Defesa Agropecuária da Seagri.

 

Acesse aqui mais informações sobre a doença e a atuação da Seagri no controle e erradicação da febre aftosa no Distrito Federal.

 

Texto e foto: ASCOM Seagri-DF