Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/06/20 às 17h20 - Atualizado em 10/06/20 às 17h22

Recuperação de estrada vai beneficiar produtores rurais na Estrutural

COMPARTILHAR

 

Foto: GDF Presente/Divulgação

 

O Governo do Distrito Federal recupera a Estrada do Valo, um trecho de 2 quilômetros na Estrutural usado para escoamento de produção de cerca de 30 chacareiros produtores de hortaliças. A melhoria garante o tráfego de quem precisa passar pelo local e colabora com a preservação do meio ambiente. Além disso, na última semana, toda a região administrativa recebeu mutirões de ações.

 

Nelci Cortes é uma das produtores rurais na região. Moradora do local há 27 anos, ela planta hortaliças em geral – assim como os chacareiros vizinhos. A mulher de 32 anos também é presidente da Associação de Moradores do Valo (Asvalo) e coordena os pedidos por benfeitorias naquela área.

 

“Por ser estrada de terra, convivemos com poeira, lama e buracos, mas precisamos de condições para escoamento dos nossos produtos e trânsito de moradores. A estrada nem sempre está em bom estado, então essa manutenção ajuda”, conta.

 

A intervenção começou na quinta-feira (4) e está em fase final. A ação é executada pelo Polo Rural do GDF Presente, uma parceria entre a Administração Regional do SCIA/Estrutural, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF) e a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri).

 

Subsecretário de Abastecimento e Desenvolvimento Rural e coordenador do polo, Odilon Vieira Junior conta que a obra conta com 40 caminhões de concreto reciclado doados pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). “A estrada estava muito esburacada. Uma patrol alisou e tirou as irregularidades e, depois, um subsolador passou pelos lugares mais críticos. Só então vem o material e o rolo compactador para nivelar e firmar a base”, explica.

 

“Na época de chuva a situação fica crítica e chega a não passar nada. Os moradores, agricultores familiares, precisam escoar a produção. Por isso, agora, na seca, aproveitamos a oportunidade de mexer na estrada, fazer o máximo possível de manutenção para deixar em melhores condições para enfrentar o próximo período chuvoso”, diz Odilon.

 

De acordo com ele, as medidas ainda evitam assoreamento e erosão, auxiliando na preservação do meio ambiente. A moradora Nelci Cortes já passou pelo local e garante que é possível ver a diferença.

Administrador regional, o major Gustavo Cunha conta que o trecho fica em região agrícola, onde há 33 chácaras, e não pode ser asfaltado devido a restrições ambientais.

 

“Ali há produção de alimentos e famílias morando, mas a estrada estava muito ruim, toda esburacada pelo trânsito de caminhões e chuva. Estamos atuando para assentar e melhorar o tráfego para quem precisa, dando qualidade de vida pra esse povo, que também gera emprego e renda, e facilitando o acesso”, ressalta.

Mutirão de ações 

 

A Estrutural recebeu mutirões de ações recentemente. De 25 a 30 de maio, teve esforço concentrado de combate a dengue, do Sanear-DF e do GDF Presente.

 

Mais de 40 agentes da Vigilância Ambiental, bombeiros e servidores entraram em campo contra a dengue e o coronavírus. Moradores da cidade também receberam kits higiênicos e 26,5 mil máscaras reutilizáveis de tecido.

 

Pelo polo Central do GDF Presente, a região urbana recebeu ações de limpeza, pintura dos meios-fios e de faixas de segurança. Cerca de dez caminhões e duas pás mecânicas trabalharam para manter lotes e ruas limpos com retirada de 350 toneladas de entulho. Além do uso de 3,3 mil quilos de massa asfáltica para manutenção da pavimentação.

 

“Foi um conjunto excelente de ações. Limparam e sanitizaram a cidade inteira, combateram focos do mosquito transmissor da dengue, abraçaram a região”, acrescenta o administrador regional.

Para ele, é importante que a comunidade, carente, veja o Estado presente em sua cidade. “É demonstração de que todos estamos olhando pela população.”

 

 

 

Texto: Agência Brasília