Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/06/19 às 18h29 - Atualizado em 13/06/19 às 18h29

Audiência Pública debate reforma tributária no setor cooperativista

COMPARTILHAR

Foi realizada, nessa quarta-feira (12), na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Audiência Pública para debater a reforma tributária no DF, com foco na carga tributária e competitividade para o setor do cooperativismo. O evento teve o apoio da Organização das Cooperativas do DF (OCDF) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP).

Participaram do debate o vice-presidente da CLDF, o Deputado Rodrigo Delmasso; o deputado Roosevelt Vilela; o secretário de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do DF, Dilson Resende; o presidente da Organização das Cooperativas do Distrito Federal, Remy Gorga Neto; o presidente da Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal, José Guilherme Brenner; o presidente da Câmara de Tributaristas e Finanças da Fecomércio, Charles Dickens e os representantes da Secretaria do Trabalho, Messias de Souza, e da Secretaria de Fazenda, Adalberto Imbrosi.

O deputado Delmasso, que realizou a audiência pública, ressaltou a importância do debate com o setor. “As cooperativas precisam de um tratamento tributário diferenciado, porque é um setor que gera emprego e renda. O cooperativismo é a solução imediata no combate ao desemprego no país”, afirmou.

Segundo o secretário de Estado de Agricultura do DF, Dílson Resende, a questão tributária é muito importante porque pode ser a diferença entre a competitividade ou não do setor produtivo, perante outros estados. Ele ressaltou a importância de o deputado Delmasso conduzir esse debate em todos os setores, para levantar as demandas e consolidar uma proposta, para que o governo possa transformar isso em um Projeto de Lei.

“Foi um evento muito importante. O objetivo é consolidar as demandas e as necessidades do setor cooperativo, para que isso se transforme em um Projeto de Lei para que o setor produtivo seja mais competitivo em todas as áreas. Essa Reforma Tributária tem muito a contribuir com o crescimento da nossa cidade, com a geração de emprego e renda, porque no final quem gera emprego e renda é o setor produtivo”, afirmou o secretário de Agricultura, Dilson Resende.

Dados da Codeplan mostram que atualmente são mais de 337 mil pessoas desempregadas. O Distrito Federal é a unidade da federação com o maior índice de desemprego do país. A proposta da Reforma Tributária visa baixar os impostos para os empresários, gerar mais emprego e valorizar a economia.

As próximas audiências serão com os setores atacadista, de serviços, de indústria, automotivo, shopping center e de tecnologia da informação. No dia 04 de dezembro, Delmasso realizará uma sessão solene para entregar a proposta da reforma tributária ao governador do DF, Ibaneis Rocha.

Texto: Ascom Seagri-DF

Fotos: Divulgação